Monteiro na Copa BR de Futebol de Salão


Organizada por Thiago Ribeiro e chancelada pela Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), a Copa BR de Futsal surgiu com o intuito de promover um torneio que contempla atletas de todos os estados brasileiros, de 7 a 17 anos, divididos em times de acordo com seus respectivos anos de nascimento. Em 2018, 23 equipes participaram da competição. Entre elas, a Escola Monteiro.

A Copa é realizada periodicamente, no meio e no final do ano. No fim de 2018, sua 7ª edição foi sediada em Guarapari. Os jogos aconteceram no ginásio do Polivalente, no complexo esportivo Maurice Santos e no ginásio do Sesc. Do Estado, oito equipes disputaram o campeonato, englobando a Monteiro como a única escola com participação formal em um torneio de grande proporção.

O professor de Futsal Wesley Olindino, conhecido como Lelé, é o responsável por treinar a equipe da Monteiro durante onze anos. Segundo ele, o intuito do treinamento e da participação em grandes campeonatos é fornecer mais experiência aos atletas da Monteiro para participarem de competições escolares. Para ilustrar os resultados do treinamento, Lelé conta que a Escola Monteiro foi vice-campeã da categoria sub-13 nos jogos do Sesi, em 2018. O preparo da equipe da Monteiro provém de muitas disputas contra clubes e de competições chamadas “abertas”. Essas competições são baseadas em um acordo no qual Lelé traz alguns meninos de projetos sociais para compor o time da Escola em cada categoria. A integração deles auxilia na propagação de experiência no futsal entre os alunos.

Em 2019, os treinamentos dos atletas de 12 a 14 anos acontecem nas terças e quintas, de 19h30 às 20h30, na Monteiro. Também ocorrem toda sexta-feira, de 14h às 16h, no Ginásio do Tancredão, em Vitória. Em abril, a Monteiro deu início ao treinamento dos alunos do Fundamental I. Lelé afirma que os treinos para os mais novos são importantes para a maturação cognitiva e da coordenação motora no desempenho esportivo.

O treinador da Escola ressalta a importância da participação em grandes campeonatos que influencia não só futuras oportunidades profissionais para os alunos, mas resulta na melhora da concentração, potencializa a disciplina e o respeito para com o próximo.

A próxima Copa BR já tem data e local definidos: de 12 a 15 de dezembro deste ano, ela acontecerá no Rio de Janeiro.

Equipe feminina

Uma das novidades de 2019 é a equipe feminina de futsal. Entre 9 e 11 anos, as alunas da Monteiro estão começando a treinar. Lelé afirma que nunca houve uma equipe feminina tão grande na história da Escola, composta por catorze meninas com o interesse em treinar juntas. Anteriormente, havia uma pouca quantidade de alunas que jogavam com os meninos, como Clara Moulin, Elina Gratz e Laura Alves. O treinador diz que o esporte deveria ter sido promovido, anteriormente, com maior intensidade entre as meninas. De acordo com ele, as alunas possuem habilidades e têm a mesma facilidade que os garotos para aprender a jogar. Os treinamentos da equipe feminina ocorrem toda sexta-feira, de 17h50 às 19h30, na Escola. A proposta de Lelé consiste em realizar jogos entre as meninas até o final do ano, para que, em 2020, exista maturidade esportiva desta nova equipe de futsal.

Destaque para além da Monteiro

Lelé menciona que alguns atletas da Monteiro conseguiram se destacar no esporte e se tornaram jogadores profissionais de futebol, como o Romulo Sousa. Além disso, a ex-aluna Julia Pinho Magno, de 12 anos, levou as habilidades desenvolvidas na Monteiro para fora do país: ao se mudar para os Estados Unidos, conseguiu se tornar capitã do time da escola onde que estuda.

Talita Vieira.