Publicado em 30/11/2021

Élio Serrano, coordenador do segmento, apoia e incentiva o protagonismo dos/as estudantes. Foto: Fábio Vicentini/ Divulgação

A partir de 2022, a educação básica no Brasil terá que se adaptar ao Novo Ensino Médio, previsto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – um documento normativo, elaborado pelo Ministério da Educação.

Dentro dessa estrutura, o Novo Médio da Monteiro terá um arranjo curricular diferente do atual, oferecendo mais possibilidades de construção do conhecimento aos/às alunos/as, conforme suas áreas de aptidão e interesse, contemplando as áreas de Linguagens e Suas Tecnologias, Matemática e Suas Tecnologias, Ciências da Natureza e Suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. 

No Novo Médio, o protagonismo dos/as estudantes ganha um destaque ainda maior. 

O que esperar para a 1ª série em 2022?

Na Monteiro, a partir da 1ª série, os/as alunos/as continuarão desenvolvendo o autoconhecimento de maneira estruturada, na disciplina Projeto de Vida, com o professor Lúcio Manga. 

Manga

Professor Lúcio Manga. Foto: Talita Vieira/ Divulgação

Com as novas configurações, a Escola ofertará uma grade de disciplinas eletivas, possibilitando estudos em áreas específicas, de acordo com o interesse dos/as próprios/as estudantes. Assim, eles/as poderão escolher o que querem aprender, seja sobre ciência e tecnologia, saúde alimentar, arte, direitos e deveres e/ou história e cultura pop, por exemplo.

A oferta de eletivas sempre será pensada a partir de pesquisas com os/as estudantes, protagonistas do próprio conhecimento.

E quando esses/as estudantes passarem para a 2ª série? 

Com os Itinerários Formativos, os/as alunos/as estruturarão o próprio estudo. A partir dessa estruturação, ao final da 1ª série, eles/as poderão optar por uma trilha de conhecimento, ou seja, aprofundar os estudos na área de Ciências e Matemática ou na de Linguagens e Humanas. 

Durante esse aprofundamento, os/as alunos/as terão a oportunidade de desenvolver competências e habilidades específicas, lidando com um volume maior de conteúdo, que será direcionado às escolhas acadêmicas e profissionais de cada um/a.

Na 2ª série, com a disciplina Projeto de Vida, os/as estudantes terão um contato mais próximo com as áreas acadêmicas e profissionais de seu interesse, de modo a prepará-los/as para o mercado de trabalho e a vida, indo além dos vestibulares.

Valores da Monteiro: alinhados com o Novo Médio

Patrizia

Professora Patrizia Lovatti. Foto: Talita Vieira/ Divulgação

A professora Patrizia, responsável por orientar a 2ª série no Projeto de Vida até o final de 2021, possui expectativas muito positivas em relação ao Novo Médio. Segundo ela: “Como a Monteiro sempre respeitou a individualidade de cada aluno/a, estimulando suas ideias e pensamento crítico, também trabalhando o coletivo e as relações humanas, se adequar às novas configurações não será difícil. Por já praticarmos a educação humanizada, essa mudança será algo tranquilo e natural para nós”.

Ao pensar nos valores e em todo o trabalho desenvolvido pela Escola, Élio Serrano, coordenador do segmento, comemora: “O Novo Médio reflete uma mudança muito aguardada por nós, da Monteiro, pois dialoga melhor com a juventude, com o mundo atual e com o mercado de trabalho”. 

As novas configurações requerem uma parceria ainda maior com as famílias. Segundo o coordenador: “Familiares e/ou responsáveis precisam entender o Ensino Médio como uma fase para desenvolver habilidades e competências nos/as alunos/as. Por isso, o suporte a cada um/a em seu processo de autoconhecimento e escolhas é indispensável”. 

Já para Manga, os encaminhamentos propostos pela BNCC demonstram um processo de mudança na formação dos/as jovens no Brasil, e que foi antecipado pela Monteiro com a disciplina Projeto de Vida. “Na 3ª série, os/as alunos/as já têm seus caminhos definidos porque foram apresentados a inúmeras possibilidades de formação. Pois bem, aí está a grande diferença de se pensar uma escola em que os/as alunos/as participam de encontros coletivos para expor suas ideias sobre o processo de formação. Esse é o humanizar, o/a aluno/a protagonista da própria aprendizagem”.

Saiba mais informações sobre o Novo Médio na Monteiro, em matéria publicada no Folha Vitória.

Clique e conheça mais sobre o Projeto de Vida, em matéria publicada em 2020.

E ainda: clique na imagem abaixo e assista ao vídeo com alunos da 1ª série falando sobre o Projeto:

Talita Vieira.

Matérias relacionadas