Já ouviu falar da Festa da Família? A Escola Monteiro realiza o evento há mais de dez anos, em substituição ao Dia das Mães e ao Dia dos Pais, baseando-se em uma proposta mais inclusiva e acolhedora a toda a comunidade escolar. 

De acordo com Penha Tótola, diretora pedagógica, a Equipe Monteiro percebeu a necessidade de exercer um olhar mais amplo e, assim, realizar um evento que contemplasse não só as famílias compostas por uma mãe e um pai. A fim de evitar qualquer desconforto nos alunos, a Festa da Família surgiu visando ao bem-estar de todos os estudantes, com diferentes configurações familiares, indo além das questões de gênero. O evento ainda faz uma alusão ao Dia Internacional da Família, comemorado em 15 de maio.

Comumente precedida pela Semana Cultural, na Monteiro, a Festa da Família funciona como um encerramento dessas atividades culturais, também promovendo a arte, a união e o lazer. “Sempre realizamos a Semana Cultural nesta época do ano, inclusive, fazendo menção ao Dia do Livro, comemorado em abril. Com o passar do tempo, as atividades que compõem a Semana Cultural foram sendo ampliadas e o evento veio ganhando o formato que possui hoje. Ao longo dos anos, sempre houve exposições de livros, contações de histórias e outras atividades culturais com os alunos. Atualmente, ambos os eventos são associados porque promovemos a cultura, o afeto e intensificamos o envolvimento de toda a comunidade escolar junto a outras famílias”, explica a diretora.

Festa da Família – 2021

Este ano, devido à pandemia, tanto a Semana Cultural quanto a Festa da Família ocorreram virtualmente. Penha acredita que a decisão de realizar os eventos da melhor forma possível reafirma a humanização praticada pela Monteiro: “Uma vez que não podemos ter contato social e interagir com proximidade física uns com os outros, a escola entende que é preciso manter a relação de proximidade com as famílias, mesmo que de forma on-line. E a Festa da Família é considerada um evento muito importante e necessário, porque a primeira instituição social é a família, e é por meio dela que estabelecemos vínculos com a escola. Em 2021, a proposta on-line veio reforçar os valores da Monteiro ao, de certa maneira, ‘entrar’ nas residências para propagar o que a escola entende como importante: o acolhimento”. 

Pedro Fernandes, produtor musical e ex-aluno da Monteiro. Foto: Acervo pessoal/Reprodução

Além de shows musicais, de mágica e contação de histórias, a Festa da Família deste ano também exibiu depoimentos de ex-alunos que trabalham no meio artístico e cultural, reforçando o “jeito Monteiro” de ser e ensinar. “Por meio de depoimentos de alguns ex-alunos, que são profissionais envolvidos com a cultura e a arte, trouxemos pessoas que passaram pela escola e a tiveram como potencializadora do desenvolvimento de seu lado artístico. Sempre abrimos aos nossos estudantes a possibilidade de vislumbrar diferentes caminhos e trajetórias, encorajando-os a buscar o que gostam para perceberem a si mesmos como protagonistas da própria história.”

A participação do público no chat ao vivo da Festa da Família – que ocorreu no dia 17 de abril, transmitida pelo YouTube – foi muito importante para a Monteiro. Ao elogiar a parceria das famílias, Penha conclui: “Acreditamos na importância de mantermos nosso vínculo vivo, ativo, mesmo que on-line. A Festa deste ano foi muito boa e se demonstrou, talvez, ainda mais significativa, pois trouxe um momento de respiro em meio às dificuldades e ao distanciamento social que estamos vivendo.”

Clique aqui e assista à Festa da Família de 2021.

Talita Vieira.

Matérias relacionadas